Verdade ou ... meia verdade?

A visita do Papa ao Brasil faz-nos pensar profundamente sobre assuntos que estão relacionados a Jesus Cristo. No seu primeiro discurso deixou claro o porque da sua vinda até o Brasil, para participar da JMJ (Jornada Muldial da Juventude) e fez comentário a respeito do Tema: "Ide e fazei discípulos entre todas as nações" (Conforme Mateus, 28:19).

A pergunta é a seguinte: o que há de errado na frase do Papa? Se Ele esta falando da palavra de Jesus? A resposta é complexa porque de errado não tem nada, mas porque será que o Papa não usa o versículo inteiro já que estamos falando das palavras de Jesus, e o texto completo é o seguinte:

"Mateus 28:19 - Bíblia King James Atualizada"  Portanto, ide e fazei com que todos os povos da terra se tornem discípulos, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo.


Porque será que a segunda parte do versículo, "batizando-os" foi desprezada?

Será que porque fala do batismo na Bíblia, e não é a mesmo da Igreja Católica?

O batismo da Igreja Católica batiza crianças, e o batismo de Jesus batiza adultos, pois o batismo de Jesus se refere a arrependimento de pecados e então porque não ensina essa parte também? Já que estamos num tempo de busca por melhorias e verdades deveríamos tratar as coisas por completo.

"Mateus 3:16 - Bíblia King James Atualizada"  E, sendo Jesus batizado, saiu logo da água, e eis que se abriram os céus, e viu o Espírito de Deus descendo como pomba e vindo sobre Ele.


No descritivo desse texto se fala em Jesus saindo da água, logo se entende que Jesus foi batizado por imersão ou mergulhado, e sem falar que Jesus tinha 30 anos batismo na consciência não era criança. Jesus praticou o batismo que João ensinava:

"Marcos 1:4 - Bíblia King James Atualizada"  E foi assim que chegou João, batizando no deserto e pregando um batismo de arrependimento para perdão dos pecados.


O porque então de não se batizar como Jesus?

Será que está correto tratar a palavra de Deus do modo que achamos conveniente? Ou deveríamos tratar por aquilo que Ela é? O versículo de Colossenses esta muito explícito nesse caso:

"Colossenses 2:8"  Tende muito cuidado para que ninguém vos escravize a vãs e enganosas filosofias, que se baseiam nas tradições humanas e na falsa religiosidade deste mundo, e não em Cristo.


Ora o Papa sendo sucessor de Pedro como se intitula deveria estar, mais próximo da palavra já que o discurso é de pregar a palavra de Deus por intermédio de Jesus. Então qual a explicação coerente que nos daria a Igreja Católica ao não cumprimento de Bíblia?

Sendo uma "Igreja Apostólica " que, crendo nos apóstolos, e se firmando em Pedro que foi discípulo de Jesus, então porque negar a palavra ou não cumpri-la"? Parece então que estamos vivendo de meias verdades, só se fala aquilo que é interessante a ela, a Igreja Católica?

Onde esta o comprometimento em ensinar a palavra de Deus? Até quando viveremos de "meias verdades"?

Existe uma máxima muito conhecida que diz: Meias verdades, são mentiras inteiras.